Atelier de Ilustração para jovens | Casa Municipal da Cultura de Alvaiázere | Élia Ramalho | 6266 | 2018-12-10
  • 2017 — Doutoranda no curso Materialidades da Literatura na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, tendo a tese o título: “Interação entre texto e imagem a partir da obra ilustrada de Júlio Pomar”.
  • 2006 — Mestrado em Comunicação Estética na ARCA-EUAC, Coimbra.
  • 2001 — Licenciatura em Artes Plásticas/Pintura na ARCA-EUAC, Coimbra.
  • 1996 — Curso Tecnológico de Design na Escola Secundária D. Nuno Álvares Pereira, Tomar.
  • 1976 — Élia Sofia Antunes Ramalho nasce em Tomar.
  • 2016 — Exposição de Fotografia no Teatro Académico Gil Vicente “História de ontem, estória de hoje”, em Coimbra. Organização da Reitoria da Universidade de Coimbra para receção e homenagem a Dr. José Ramos Horta e Dom Ximenes Belo aquando do vigésimo aniversário do Prémio Nobel da Paz.
  • 2016 — Assinatura de protocolo de cooperação entre GCLP cor na língua portuguesa e o Museu de Xanana Gusmão, para desenvolvimento de ensino artístico e literário. Ação desenvovida em Timor-Leste.
  • 2014 — Apresentação do livro “Os Antigos Reinos de Timor-Leste” e conversa com Dom Ximenes Belo na Feira Cultural de Coimbra.
  • 2013 a 2014 — Reedição do livro infanto/juvenil sobre Frida Kahlo e inicio da coleção: “Artistas com História”. Segundo volume sobre Vincent van Gogh e terceiro sobre Pablo Picasso, edição Livraria Élia Ramalho.
    Apresentação dos livros e atividades em diversas bibliotecas da rede escolar e municipais: Coimbra, Miranda do Corvo, Cascais e outras.
  • 2010 a 2012 — Professora de Ensino pela Arte no Colégio São Teotónio.
  • 2010 — Autora do livro, “Olhar, experimentar e criar com Frida Kahlo”, lançamento na Galeria Minerva em Coimbra. História e ilustrações de Élia Ramalho, edição Frequência Mágica, apoio do Colégio Menino Jesus de Coimbra. (Fevereiro 2010)
    Dinamização do livro “Olhar, experimentar e criar com Frida Kahlo” no Colégio Menino Jesus em Coimbra, diversas Bibliotecas, Escolas e Jardins de Infância.
    Colaboração com a editora/galeria Minerva de Coimbra: Conferências “Educar pela Arte”
    Autora do livro “Médico, Escritor e Pintor – Fernando Namora” – Edição do Município de Condeixa-a-Nova.
    Início do Projeto: “Geografia da cor na Língua portuguesa – Timor”.
    Presidente da associação cultural GCLP cor na língua portuguesa.
  • 2007 a 2010 — Professora de Ensino pela Arte no Jardim-escola Menino Jesus em Coimbra.
  • 2005 e 2009 — Sócia Gerente da empresa “Polegar Digital Lda.” : Exerceu funções de Gestão das atividades de enriquecimento curricular nas escolas da cidade de Tomar: Inglês, Robótica (Lego) e Informática. Produção de conteúdos e ensino na área das artes plásticas. Participou na criação e ilustração de material didático e pedagógico.
  • 2004 a 2006 — Professora de Artes no Jardim-escola João de Deus em Tomar.
  • 2004 — Criação do Atelier de Pintura “A esquina do olhar” em Tomar.
  • 2002 a 2003 — Docente do 12º ano de Geometria Descritiva na Escola Secundária Brás Garcia de Mascarenhas em Oliveira do Hospital.

Exposições Coletivas

Diversas bienais de artes plásticas:

  • Bienal de Vila Nova de Cerveira.
  • Prémio Dom Fernando II em Sintra.
  • Bienal de Porto Santo 2009 “De Corpo e Alma”- Menção honrosa.

Exposições Individuais

  • 2016 — Residência Artística em Dili, Timor-Leste; entre maio e agosto. Contacto com diversas instituições culturais: Arquivo Nacional, Universidade de Timor-Leste, Museu Xanana Gusmão.
  • 2016 — Semana Cultural da Universidade de Coimbra.
    Exposição: “Fragmentos pictóricos d`o desassossego” na Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra.
  • 2016 — Exposição de Pintura: “Ode a Álvaro de Campos o poeta engenheiro” na Ordem dos Engenheiros em Coimbra.
  • 2015 — Exibição do Documentário: “Timor – Geografia de um Futuro”, reportagem de Élia Ramalho, edição de imagem de Virginie Bastos. Produção GCLP cor na língua portuguesa.
  • 2015 — Autobiografia de Élia Ramalho no encontro com a comunidade timorense residente em Coimbra desde 2010.
  • 2015 — Semana Cultural da Universidade de Coimbra.
    Exposição: “Geografia da cor na língua portuguesa –Timor” (Autobiografia de Élia Ramalho no encontro com a comunidade timorense residente em Coimbra desde 2010) na Casa da Escrita, Coimbra.
  • 2015 — Exposição de ilustrações da coleção de livros “Artistas com História” na Galeria Almedina, Museu do Chiado, em Coimbra.
  • 2014 — Participação no evento “Coimbra a brincar”, edição e publicação do livro: “sundays in the backyard”, texto de Clara Maia e esculturas de António Azenha.
  • 2010 — “Poética Visual” (Mário de Sá Carneiro – “Manucure”) – Universidade de Coimbra.
  • 2007 — “Now the Stones Will Speak” (Fernando Pessoa) – Convento de Cristo em Tomar.
  • 2004/2005 — “Interior/Exterior” – (Fernando Pessoa) Em itinerância pelas Bibliotecas da Rede Nacional de Leitura Pública.
  • 2003 — “Bovinos de Cultura” – Escola Superior Agrária de Coimbra.
    – Biblioteca Municipal de Figueira da Foz.
    – Biblioteca Municipal de Pombal.
    – Biblioteca Municipal de Ferreira do Alentejo.
    – Biblioteca Municipal de Lagoa.
    – Biblioteca Municipal de Évora.
    – Biblioteca Municipal de Abrantes.

Representações

  • Coleções Particulares.
  • Biblioteca Municipal de Ferreira do Zêzere.
  • Biblioteca Municipal de Ferreira do Alentejo.
  • Casa Museu Fernando Namora em Condeixa-a-Nova.
  • Presidência da República.
  • Hospital Distrital de Tomar – Entrada Principal.
  • Embaixada de Timor-Leste em Lisboa.
  • República de Timor-Leste.